sábado, 18 de maio de 2013

Jubileu da Ordem



Ordem do Santíssimo Redentor completa 282 anos



A Ordem do Santíssimo Redentor, fundada na Itália em 1731, celebrou no dia 13 de maio os seus 282 anos.

No Brasil a ordem monástica mantém dois mosteiros, um em São Paulo, o Mosteiro da Imaculada Conceição em Itu, e outro no Rio de Janeiro, o Mosteiro Santa Face e Puríssimo e Doloroso Coração de Maria em São Fidélis.

O mosteiro da Ordem do Santíssimo Redentor é um instituto religioso da mesma família da Congregação do Santíssimo Redentor, fundada por Santo Afonso Maria de Ligório.

O mosteiro de Itu é ligado por laços à Congregação do Santíssimo Redentor, e o de São Fidélis. Por seguir a regra afonsiana antiga, está ligado aos Filhos do Santíssimo Redentor, conhecidos como Redentoristas Transalpinos.

No Mosteiro de Itu, as monjas podem manter contato com o exterior, em raros momentos, como uma missa e as monjas de São Fidélis diferentemente dos mosteiros que vivem sob a regra pós-conciliar, não tem nenhum contato fora dos muros do mosteiro, a não ser pela grade, pequena abertura na entrada do convento que possibilita o contato, nas visitas familiares, por exemplo.

Fundadora das Monjas Redentoristas, Madre Maria Celeste Crostarosa conheceu Santo Afonso e com ele descobriu a vocação para a fundação da ordem religiosa. 

Maria Celeste, assessorada por Santo Afonso, deu forma a uma comunidade que se esforça para viver plenamente o Evangelho de Cristo em todas as dimensões de sua vida humana e religiosa, para ser na Igreja e no mundo um testemunho visível e um memorial vivo do Mistério Pascal da Redenção, no qual o Pai realizou seu desígnio de amor pelo Cristo e no Espírito Santo.

Em Itu são oito monjas, todas com voto solene (perpétuo). A religiosa mais idosa, Irmã Benigna, tem 83 anos e irá completar em 2014 seus 50 anos de vida religiosa. A mais nova, Irmã Marli, tem 45 anos e 20 de vida religiosa.

Madre Maria Luiza, O.Ss.R.

Madre Luisa do Sagrado Coração de Jesus, responsável pelo Mosteiro de Itu, conta que desde 2006 não aparecem jovens interessadas na proposta da vida monástica redentorista.

“Ficamos sempre na expectativa de uma nova vocação”, relata a monja que completou 37 anos de vida religiosa.

Madre Luisa conta que a ordem mantém um site para divulgar o mosteiro, mas acredita que a falta de divulgação e animação vocacional contribui para a falta de conhecimento sobre o modo de vida de uma monja redentorista.

“Não somos muito conhecidas, mesmo em Itu. É preciso estudar um modo de nos tornarmos conhecidas”, frisou a Madre.

O carisma da ordem religiosa é manter “a viva memória de Jesus Redentor na vida oculta, contemplativa e na vida ativa com o povo”.

Os Missionários Redentoristas colaboram com os mosteiros exercendo a direção espiritual e sendo confessores das religiosas, dando palestras e aulas, pregando retiros espirituais e até com contribuições financeiras.

"Na nossa ordem ajudamos os Missionários Redentoristas com a oração, afinal, eles são os missionários. Estamos em comunicação com a missão deles na oração, que é nossa missão", explica.
 
Para manter contato com as Monjas Redentoristas de Itu no Mosteiro da Imaculada Conceição o endereço é rua Capitão Silvio Fleming, 146, Centro, CEP 13309 -010, Itu (SP) e ainda pelo telefone (11) 4023-3253 e pelo e-mail: mosteiroredentorista@ig.com.br. Em São Fidélis, no Mosteiro Santa Face e Puríssimo e Doloroso Coração de Maria, rua Armando Marques, S/Nº, CEP 28400-000, São Fidélis (RJ), telefone (22) 2751-5770 e e-mail: madresredentoristas@yahoo.com.br.

Fonte: Portal A12 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário